Inovação na agricultura é a chave para o sucesso

De Perdizes (MG) para o DuPont Colheita Farta. O produtor rural Sérgio Petrachi apresenta seus 950 hectares de milho

De Perdizes (MG) para o DuPont Colheita Farta. O produtor rural Sérgio Petrachi apresenta seus 950 hectares de milho

Com a evolução da agricultura no país, os produtores estão buscando cada vez mais a inovação e analisam atentamente a qualidade dos produtos no mercado. Esse é o caso do produtor rural Sérgio Petrachi, personagem do DuPont Colheita Farta deste sábado, 03 de setembro.

No 25º episódio da temporada 2015/2016, Diogo Pavan analista de desenvolvimento de mercado da DuPont, desembarcou em Perdizes (MG) e conversou com o produtor Sérgio Petrachi, sobre como manter uma lavoura saudável com novas tecnologias e inovação.

Sérgio foi criado em uma fazenda localizada em São Paulo e começou a ter contato com milho junto de seus familiares desde a infância. Em 1990, Sérgio desembarcou em Minas Gerais com o seu irmão, para explorar áreas maiores de plantio e ter maior rentabilidade. Hoje a família tem 1600 hectares, sendo 950 na cultura do milho.

Assim como outros produtores rurais, que tem a iniciativa de explorar novas terras, Sérgio enfrentou algumas dificuldades quando chegou em Minas Gerais, mas a principal delas era como comercializar o milho na região.

“ Não tinha empresa que recebia e quando recebiam era extremamente longe. Tínhamos que pagar um frete caro e pagar para secar o milho. Por esse motivo, o desconto era muito alto. Mas a partir do momento que montamos a estrutura aqui, já começou a melhorar. A gente colhe aqui, seca aqui mesmo, vende o milho, o comprador busca o milho aqui. Dessa forma, não tem despesa, tem bem menos frete e isso facilitou muito”, relata o produtor.

Mesmo diante desses obstáculos, o Sérgio não se deixou abater e seguiu adiante, pois acredita que o produtor rural não pode se acomodar e deve sempre buscar novas tecnologias, fazendo pesquisa de mercado e inovando no método do manejo.

“A gente sempre procura usar tecnologia aqui e sempre estar a par de coisas novas, de produtos novos e sempre trabalhando bem o solo com agricultura de precisão, pra poder ter uma produtividade melhor”, afirma o produtor.

Foi com esse pensamento que o produtor rural encontrou o portfólio DuPont, uma parceria já estabelecida há longos anos.

“A gente tem uma parceria boa com a DuPont. São produtos que me passam confiança. Eu tenho usado para o tratamento de semente o Dermacor® e na dessecação usamos o Lannate® junto. Depois disso, aplicamos o Premio para controle de lagarta e Aproach® Prima para doenças do milho”, afirma Sérgio.

De acordo com Diogo Pavan analista de desenvolvimento de mercado da DuPont, a iniciativa de utilizar todo o portfólio DuPont, iniciando com o Dermarcor® no tratamento de sementes, faz toda a diferença no resultado da colheita.

“O produto é altamente sistêmico. Então, ele consegue proteger bem essa parte de ataque de praga de solo. E por ser sistêmico, ele consegue transloucar e dar esses controle que a gente verifica o benefício na redução de uma aplicação, de acordo com a pressão” afirma o analista.

Quer saber mais dessa história? Então, assista o episódio na íntegra.

Acompanhe os bastidores no Instagram do Colheita Farta!

ATENÇÃO: ESTE PRODUTO É PERIGOSO À SAÚDE HUMANA, ANIMAL E AO MEIO AMBIENTE. LEIA ATENTAMENTE E SIGA RIGOROSAMENTE AS INSTRUÇÕES CONTIDAS NO RÓTULO, NA BULA E NA RECEITA. UTILIZE SEMPRE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.NUNCA PERMITA A UTILIZAÇÃO DO PRODUTO POR MENORES DE IDADE.CONSULTE SEMPRE UM ENGENHEIRO AGRÔNOMO. VENDA SOB RECEITUÁRIO AGRONÔMICO.PRODUTO DE USO AGRÍCOLA. FAÇA O MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS.DESCARTE CORRETAMENTE AS EMBALAGENS E RESTOS DO PRODUTO.

O AUMENTO DA PRODUTIVIDADE E RENTABILIDADE FORAM OBSERVADOS EM CAMPOS EXPERIMENTAIS, ONDE FORAM UTILIZADOS PRODUTOS DUPONT SEGUINDO CORRETAMENTE AS INFORMAÇÕES DE DOSAGEM E APLICAÇÃO. O AUMENTO DE PRODUTIVIDADE E RENTABILIDADE DEPENDE TAMBÉM DE OUTROS FATORES COMO CONDIÇÕES DE CLIMA, SOLO, MANEJO, ESTABILIDADE DO MERCADO, ENTRE OUTROS. DADOS DISPONIBILIZADOS PELA ÁREA DE PESQUISA DA DUPONT.