VEM AÍ: Manejo de pragas e doenças na produção de sementes

Paulo Schmidt, engenheiro agrônomo, responsável técnico do grupo Schmidt Agrícola

Paulo Schmidt, engenheiro agrônomo, responsável técnico do grupo Schmidt Agrícola

A equipe do DuPont Colheita Farta foi até a cidade de Barreiras, na Bahia, conhecer as lavouras do grupo Schmidt Agrícola. Paulo Schmidt, que está à frente da empresa juntos aos seus três irmãos, ressaltou a importância da prevenção e de uma lavoura bem monitorada.

Cleiton Barbosa, coordenador de marketing da DuPont, acompanha há um bom tempo a trajetória da família Schmidt e o cuidado que eles dedicam para cada safra em todas as culturas.

“Quando a lavoura é produção de semente, é muito importante o manejo de pragas e doenças, porque essa sementinha, cada sementinha aqui vai virar uma nova planta na próxima safra. Então se você cuida muito bem uma lavoura que é produção de grãos, aqui onde é produção de sementes você tem que cuidar com muito mais cuidado e com produtos que te ajudam a entregar no final uma produção boa e com grãos de qualidade”, afirma Cleiton.

São 10200 hectares de soja e 3500 hectares de algodão. Quer saber qual é estratégia completa de manejo do grupo? Não perca o episódio inédito!

O Canal Rural exibe a atração no sábado (20/08), às 9h, com reprise no mesmo dia, às 13h00, e no domingo (21), às 9h.

Acompanhe os bastidores no Instagram do Colheita Farta!

ATENÇÃO: ESTE PRODUTO É PERIGOSO À SAÚDE HUMANA, ANIMAL E AO MEIO AMBIENTE. LEIA ATENTAMENTE E SIGA RIGOROSAMENTE AS INSTRUÇÕES CONTIDAS NO RÓTULO, NA BULA E NA RECEITA. UTILIZE SEMPRE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.NUNCA PERMITA A UTILIZAÇÃO DO PRODUTO POR MENORES DE IDADE.CONSULTE SEMPRE UM ENGENHEIRO AGRÔNOMO. VENDA SOB RECEITUÁRIO AGRONÔMICO.PRODUTO DE USO AGRÍCOLA. FAÇA O MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS.DESCARTE CORRETAMENTE AS EMBALAGENS E RESTOS DO PRODUTO.

O AUMENTO DA PRODUTIVIDADE E RENTABILIDADE FORAM OBSERVADOS EM CAMPOS EXPERIMENTAIS, ONDE FORAM UTILIZADOS PRODUTOS DUPONT SEGUINDO CORRETAMENTE AS INFORMAÇÕES DE DOSAGEM E APLICAÇÃO. O AUMENTO DE PRODUTIVIDADE E RENTABILIDADE DEPENDE TAMBÉM DE OUTROS FATORES COMO CONDIÇÕES DE CLIMA, SOLO, MANEJO, ESTABILIDADE DO MERCADO, ENTRE OUTROS. DADOS DISPONIBILIZADOS PELA ÁREA DE PESQUISA DA DUPONT.