Planejamento e prevenção: confira as estratégias do milhocultor paranaense

Conheça a história da família Scabo direto de Guarapuava -PR

Conheça a história da família Szabo direto de Guarapuava -PR

O 24º episódio da temporada 2015/2016 do DuPont Colheita Farta, vai falar sobre milho. A equipe de reportagem esteve na fazenda da família Szabo direto de Guarapuava -PR e conversou com o produtor rural Alfredo Szabo.

No programa, Szabo conta um pouco da sua história com a lavoura, que iniciou na década de 79 com a cultura da soja e hoje já chega a quatro tipos de culturas; milho, soja, trilho e aveia para cobertura e para engordas os bovinos. O mais curioso é que diferente dos outros produtores, Szabo não herdou a paixão pela lavoura de seus familiares.

“Eu sempre gostei da lavoura. Quando era pequeno, mexia bastante em horta, porque eu morava em colônia. Todos os moradores tinham horta em casa. Eu ajudava os meus avós a plantar e colher. Acredito que essa paixão pela lavoura, seja consequência do meu contato com a horta”, afirma o produtor.

Além disso, o produtor relata como o uso do portfólio DuPont foi importante para o controlar as pragas na safra passada e qual o segredo para ter uma boa produtividade mesmo com tantas dificuldades.

Quer saber o que Szabo fez? Então, não perca!

O Canal Rural exibe a atração no sábado (27/08), às 9h, com reprise no mesmo dia, às 13h00, e no domingo (28), às 9h.

ATENÇÃO: ESTE PRODUTO É PERIGOSO À SAÚDE HUMANA, ANIMAL E AO MEIO AMBIENTE. LEIA ATENTAMENTE E SIGA RIGOROSAMENTE AS INSTRUÇÕES CONTIDAS NO RÓTULO, NA BULA E NA RECEITA. UTILIZE SEMPRE OS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL.NUNCA PERMITA A UTILIZAÇÃO DO PRODUTO POR MENORES DE IDADE.CONSULTE SEMPRE UM ENGENHEIRO AGRÔNOMO. VENDA SOB RECEITUÁRIO AGRONÔMICO.PRODUTO DE USO AGRÍCOLA. FAÇA O MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS.DESCARTE CORRETAMENTE AS EMBALAGENS E RESTOS DO PRODUTO.

O AUMENTO DA PRODUTIVIDADE E RENTABILIDADE FORAM OBSERVADOS EM CAMPOS EXPERIMENTAIS, ONDE FORAM UTILIZADOS PRODUTOS DUPONT SEGUINDO CORRETAMENTE AS INFORMAÇÕES DE DOSAGEM E APLICAÇÃO. O AUMENTO DE PRODUTIVIDADE E RENTABILIDADE DEPENDE TAMBÉM DE OUTROS FATORES COMO CONDIÇÕES DE CLIMA, SOLO, MANEJO, ESTABILIDADE DO MERCADO, ENTRE OUTROS. DADOS DISPONIBILIZADOS PELA ÁREA DE PESQUISA DA DUPONT.